Total de visualizações

sábado, 18 de dezembro de 2010

Uma página virada

Me pego sempre pensando no que aconteceu, lembro vagamente ele me olhando com uma cara de assustado e ela me olhando com cara de arrependida. Eu os olhava paralisada, logo sinto meus olhos encherem d'água e sinto um aperto no coração, saindo imediatamente daquele lugar. Com os olhos inchados, percebi que mais uma vez eu havia me perdido naquela angústia, e mais uma vez eu estava chorando pelo acontecido. Eu pensava e repensava, tentando entender o porque minha melhor amiga, aquela que eu chamava de IRMÃ, havia feito isso comigo... e também não
conseguia entender o motivo pelo qual meu NAMORADO, aquele que sempre me dizia que nunca iria me machucar, acabara de fazer isso, e o pior, com a minha melhor amiga. Após novamente pensar sobre o assunto, me dei conta de que não deveria mais chorar por algo tão inútil e insignificante diante de outras coisas. Eu enxuguei minhas lágrimas e decidi que estava na hora de esquecer de tudo aquilo e virar a página.

2 comentários: