Total de visualizações

terça-feira, 9 de abril de 2013

O que fazer com o que já se passou?

Por favor, que atire a primeira pedra aquele que nunca teve uma desilusão amorosa. Normalmente, há de se lamentar quando o coração foi partido por aquela pessoa que acreditamos amar. Será mesmo que aquilo é tão ruim quanto aparenta ser? Ta, "Nada é tão ruim que não possa piorar" , mas, e dai? Ninguém nunca disse que precisa ser sempre assim, e se alguém disse, por favor me corrijam. Acredito que se você está disposto a quebrar esse ciclo, você pode, deve e consegue; pois se isso entrou na sua vida, foi com algum propósito, seja ele visto de uma forma boa ou ruim.
Quanto mais rápido aceitar e enxergar o quanto isso serviu como uma lição, um aprendizado, mais rápido o seu ponto de vista sobre 'o quão ruim é o amor' irá mudar, fazendo-o perceber que nem tudo é o que parece ser. Não deixe de abrir seu coração para novas chances, escolhas ou até mesmo oportunidades por causa de algo ruim do passado que ainda anda te atormentando. O passado foi feito para ser esquecido diante do presente, então se uma porta se fechou várias outras irão se abrir. Não há o que temer, somente aceitar e começar a olhar as decepções com outros olhos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário