Total de visualizações

domingo, 14 de julho de 2013

Carpe diem

Esse momento, esse sorriso, essa avalanche de felicidade... Com certeza eu tropecei na estrada chamada amor. A menina pequenina e frágil está agora amando, de verdade; com toda a sua força, esperança, vida, palavra... E o ar de seus pulmões. Fácil pensar assim, pois é a sua vida, ninguém a vive por você se não si mesmo. Você se lembra? Do quanto queria este momento? Do quanto ansiou por ele? Bem, ele está aqui. É o SEU momento, e é hora de celebrá-lo. Agarre-o com tudo, pois o seu sonho tornou-se realidade; A melhor e perfeita realidade com a qual você já quis.
 É divertido pensar sobre isso. Tanta felicidade, tanto amor... É baby, você é a chave disso tudo. Pense em um diário. Todos os segredos escritos em pedaços de folhas quaisquer, sem sentido algum para os outros, somente para o autor. É o fim do dia e como de costume ele é seu ‘amigo oculto’, precisa contar para ele cada pequeno detalhe do seu dia. E então você pega a chave. Ah sim, a chave. Aquela que abre a porta para seus segredos mais íntimos, seus desejos, suas realizações, seu tudo. Ela te abre como se já te conhecesse, e bem, conhece. Ela se encaixa perfeitamente na abertura. Uau, isso é fantástico. Pois bem, guarde essa chave como se fosse a sua vida, e com sinceridade, ela é uma grande parte dela. Acredite, é ela que vai apresentá-la a si mesma quando por um instante se quer você ousar esquecer quem você é; A mesma irá lhe mostrar o caminho a qual seguir; Mostrará tudo o que te pertence; Lhe fará sorrir; Lhe fará ver que a amizade verdadeira existe; Provará que existem anjos; Lhe dirá que você é perfeita;  Ensinará; Dará sinais de como agir; Promoverá coragem acima de tudo; Insistirá em dizer que em meio as ‘coisas ruins’ SEMPRE terá algo bom; Caminhará seguindo seu coração; Fará com que a felicidade seja rotina.
 Se lembre da sua chave. Ela é um anjo em sua vida, lhe acompanhará por todo lugar, lhe guiando.  Pode parecer meio extremo a comparação (e é, admito), mas medite um pouco sobre as palavras, é uma verdade que precisa ser praticada. Pergunto-me como ainda consigo concentração mesmo depois dessa overdose de Sweet Love. Adoro pensar que isso é mais um dom concebido pelo maior e melhor sentimento já existente: o amor. A capacidade de amar é muito maior do que pensamos, é algo surpreendente, algo como... Uma comida seja ela qual for. Calma, calma, continue lendo, juro que faz sentido.  Bem, é fácil. Quando queremos muito comer algo, a ponto de ficarmos com ‘água na boca’, ou quando simplesmente não temos escolha e temos que comer aquilo mesmo; quando finalmente desfrutamos da tal coisa, é muito melhor do que imaginávamos, é surreal. Como isso? As melhores coisas da vida não foram pra ser vistas e sim, sentidas. Exato, SENTIDAS. Então, quando estiver vivenciando o seu momento, sinta-o, como se fossem asas lhe abraçando e puxando-a para fazer mais proveito.
 Carpe Diem, é a definição perfeita. Tenho uma novidade; O ‘era pra ser’, ‘destino’, ‘coincidência’... É você quem faz e quem determina. Acredite em si mesma, no seu poder, e no que tem nas mãos. A sua chave pode lhe dar tudo o que você quiser, pois ela é SUA e de mais ninguém, somente ela abre o seu coração e percorre por todo o seu ser sabendo exatamente o que você anseia, precisa, implora e teme. Ela é o seu álibi. A melhor coisa que você poderia ter, em suas finas mãos. NUNCA a deixe escapar pelos pequenos espaços que há entre seus dedos.  Acredite meu amor, jamais o deixarei ir embora; amo-te muito além do que posso sentir e expressar, pois é como uma magia, só acreditando. Obrigada por ser esse anjo pra mim. Você sempre terá acesso ao meu coração, pois é um irmão de alma.

Nenhum comentário:

Postar um comentário